22.12.08

Individualismo?

Ouço não poucas vezes de alguns críticos de nossa sociedade que o mundo anda muito individualista.
Talvez não seja bem assim... o que vejo é uma uniformização de atos. Todos acabam agindo da mesma maneira. Ninguém pratica os hábitos narcisistas e comportamentos pouco coletivos de hoje em dia por escolha da própria consciência, é uma regra universal ao ponto de tornar ridículo que não comunga dos mesmos atos. Olho para o mundo vejo todos marchando em fila indiana, com os mesmos juízos, estereótipos e tudo mais.
Onde está o tal indivíduo? Dissolvido na geléia geral.
Não é a liberdade individual que cria problemas para o mundo, se não que o oposto. A liberdade que deveria ser exercida poderia sim construir um mundo melhor.
As pessoas vivem como cordeiros, guiadas magistralmente em um grande rebanho. Todos dóceis, sem pretensões e achando que estão sento autênticas.
Não devemos cair em tal armadilha. Falar contra a autonomia é defender tal falsidade.

2 comentários:

viviane de sales disse...

Salve o camarada Severino Marcos! Realmente, também vejo essa fila indiana.
E mais: "Eu sou eu, e você é você. Pensamos diferente e pronto.", esse discurso anti-discussão é muito comum. Quando se constata, mesmo numa análise superficial, que dois indíviduos são diferentes e podem perfeitamente discordar em idéias, por exemplo, quase sempre cria-se um muro que os envolvidos se dispõe a não derrubá-lo(hahaha).
Saudações!

Kadu disse...

Fala Severino!
Isto com certeza é uma das maiores contradições da sociedade atualmente, onde o homem em sua objetividade torna-se cada vez mais individual ao mesmo tempo que sua subjetividade faz parte de uma "geléia geral".
Abraços!